28/07/2011

Hoje, depois de sair do serviço, fui visitar meus avós (maternos).
Minha avó disse que a última vez que estive lá foi na Páscoa. Eu retruquei, disse que não, mesmo sabendo que ela pode estar certa...
A verdade é que estou sempre tão cansada... Tenho que admitir, parece que eu já nasci cansada... Cansada de viver. Cansada psicológicamente. Parece que eu nunca tenho tempo pra mim...
E aí, tenho a nítida impressão de que meu avô tem bastante ciúmes do meu namorado atual, e fico em jeito de visitá-los fim de semana, pois teria que levá-lo junto comigo...
Sei que fiquei um pouco lá, falando sobre qualquer coisa, sabe...
E quando fui me despedir, confesso, praticamente tive que sair correndo depois pra não chorar na frente deles...
Me bateu um desespero tão grande...
Eu não quero que eles morram, eu não quero que se vão, se eu pudesse impedir...
E eu nem tenho passado tempo algum com eles...
E ainda tenho o egoísmo de me preocupar com o estado do meu cabelo ou das minhas unhas...
Enquanto eles estão lá, sozinhos, sentindo a minha falta...
Como sou egoísta, meu Deus, me perdôe por ser um ser humano tão desprezível, tão ingrato por tudo que tens me dado...
Cheguei em casa e ao ver meu estado, minha mãe quase passou mal, pensou que algum deles tinha morrido, pois eu chorava tão convulsivamente que não conseguia nem falar...
Meu rosto ainda está super inchado e meus olhos vermelhos, e ainda tenho vontade de chorar agora...
Como é difícil, como é difícil crescer...
Depois de convencer minha mãe de que nada tinha acontecido a eles, ela me acalmou um pouco, me abraçou, me fez carinho e me disse que me amava. Disse que quando eu não pudesse ir lá, ao menos ligasse de vez em quando pra saber como eles estavam... Minha irmã (de três anos e dez meses) dizia: "Para de chorar mana, porque tu tá tiste?" "Tu é muito ninda e muito fofinha e vocês duas são as minhas melhores abigas" e me abraçava e me fazia carinho. Aí minha mãe disse: "Ter família é a melho coisa no mundo, não é?" E eu concordei com a cabeça, a voz ainda sem me obedecer completamente...
Minhas mãos estão tremendo ainda e meus olhos se encheram de lágrimas outra vez...
Eu acho que não suportaria ter que entrar lá um dia, naquela casa, e vê-la vazia... Eu acho que não suportaria não, meu Deus...
Eu não quero perder mais ninguém na minha vida...
Meu Deus, como é difícil, como é difícil crescer...

Comentários

  1. Sempre deixamos pra depois e isso eh um erro realmente qlqr hora naum vamos mas ter qm amamos por perto, entaum vamos aproveita....ultimamente eu tou vendo meus avós duas ha tres vezes por ano....nossa o pior eh q o abraço deles eh mais gostoso doq dos meus pais....rose linda....naum se preocupe eles sabem o qnto vc os ama....bjo qrida e melhoras.

    ResponderExcluir
  2. Oh minha linda.. eu as vezes me sinto triste assim também...até quando vejo amigos q já não são presença frequente em minha vida.
    Mas aproveite o tempo com eles,não chore!
    É muito bom ter vc de volta!!
    beejoO'

    ResponderExcluir
  3. oii... amoree quanto tempoo *--* axo que neen se lembra de mimn é. também deve fazer mais de 2 anos. lembro que vc sumiu por um tempo e nunca mais voltou -q
    bem.. estou voltando ser ana porque quero voltar e me sentir bem como era antes.
    quero a força de todas vcs comigo de novo.

    quanto aos seus avós.. nao fike assim. sei que ainda tera milhares de tempos com eles. pode ligar para conversar.
    sei como é ruim ter perdas. meupai morreu este ano e me deixou com muitas saudades.
    tenha forças se anime e sorria porque você é linda, ok.
    depois passa laah no blog.. 'acabei de fazer'
    kissus =*

    ResponderExcluir
  4. É, já estive nessas situações.
    Quando eu tirei férias do trabalho em junho, antes de enfiar os pés pelas mãos e me demitir, minha vó pediu pra minha tia me dizer que eu poderia ir visitá-la nos finais de semana pelo menos, já que eu estava de férias... =/

    Engraçado isso que tu falou de já nascer cansada... esses dias minha mãe me disse que eu canso até de não fazer nada.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. É verdade. a ideia de perder qem nos é querido é algo de realmente assustador. No entanto, e independentemente do que sentimos, acontece, e por mt que custe nao ha nada que se possa fazer.
    Nós ficamos mais sós, mais tristes, diminuídos com a sua ausência. Já não teremos o calor do seu olhar e do riso. Apenas a sua lembrança... lembranças preciosas que são só nossas e que ninguem nos pode tirar. As lembranças sao tudo o que temos... e nelas podemos sentir uma presença, podemos sentir o calor de um olhar e de um riso. Aprendi que um sorriso é mais motivador que uma lágrima. Que a força dos que nos acompanham é a nossa própria força. E muitas vezes é por essas pessoas que nos são queridas que temos de lutar. Animo e muita força!

    ResponderExcluir
  6. Ain princesa, li isso agora, parecia eu falando :x.
    Eu nem posso te aconselhar em nada porque eu sinto a mesma coisa, cada palavra. Tudo o que posso dizer é que infelismente, a gente tem que crescer, e as vezes mudar algo.
    Eu to fazendo magisterio ainda, sim. E também to trabalhando. Vc tbm obrigada por passar por lah

    ResponderExcluir
  7. Oh minha princesinha *u*
    Crescer é difícil, mas necessário.

    Eu fico triste em saber que você chorou. Mas espero que agora você já esteja melhor =)


    Nunca se esqueça de que eu te amo. Eu não canço de falar isso, pois é verdade. Te amo muito ;*

    Dê notícias, por favor *u*


    Kisses, Roxy. ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi amiga, não sei se ainda lembra de mim (Anna Leal - zeroissize). Entenderei se não lembrar, afinal, faz muito tempo que estou distante.
    As vezes entro no meu antigo perfil e leio ele todo, inclusive os comentários, só pra matar a saudade de vocês.
    Hoje, depois de muito tempo, voltei a ler ele. Vi um comentário seu e decidi passar por aqui.
    Li boa parte dos seus posts.
    Sinto muita saudade de você. Você que sempre me ajudou. (:
    Espero que dê tudo certo na sua vida. Que você seja muito feliz e consiga tudo o que quiser.
    Entre idas e vindas, a Ana e a Mia continuam comigo. Tenho engordado e emagrecido durante todo o tempo que estive distante.
    Também estou na faculdade. Ahh, parabéns por ter conseguido entrar pra melhor, como você disse. Eu estou numa pública, fazendo direito. Foi difícil, mas consegui o que queria.
    Ainda tenho esperança de alcançar o corpo perfeito. E estou me dedicando a isto.
    Bem, espero que você passe pelo seu blog e veja meu comentário.
    Se quiser/puder respondê-lo, passe no meu antigo blog.
    Não posto mais nada nem o atualizo. Mas como disse, passo as vezes para matar a saudade.
    Saudade das pessoas que me ajudaram. (:
    Se cuide querida, nunca vou esquecê-la.
    Beijos de sua amiga, Anna Leal.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixem seu cheirinho, princesas ♥

Postagens mais visitadas deste blog

23/05/2016

12/11/16

02/12/2009