12/11/16

Oi meninas.
Sei que ando sumida, mas não consegui me recuperar da última recaída . Comecei a vomitar tanto que decidi voltar a tomar meu remédio. Infelizmente não consigo vir aqui, pois não é muito prático pra usar no celular, é complicado de comentar, pede confirmação , gasta muita 3g, etc. Tenho participado de um grupo no whats, o que me ajuda bastante, e também fiz recentemente um Instagram, que uso pra ver thinspos e ler o diário de várias gringas. Também pretendo postar fotos minhas assim que eu emagrecer um pouco mais, e postar um diário, caso eu encontre mais brasileiras, pois não achei muitas por lá, o que torna  postar meu diário já que meu inglês é péssimo. Enfim, se alguma de vcs quiser me seguir lá, vou deixar a foto do perfil aqui. E se quiserem participar do grupo no whats pu tiverem outros grupos pra me convidar, deixem comentários, pls. Espero que estejam todas bem. 💜

23/05/2016

Depois de eras... Sumi faz tanto tempo que a maioria de vocês nem deve mais lembrar de mim, mas a gente vai se reconhecendo novamente... Vou tentar resumir muito a situação dos últimos tempos (um ano e meio mais ou menos). Na verdade eu volta e meia entrava aqui pensando em postar, relia meu último post, espiava os blogs de vocês, mas acabava nunca tendo coragem de me manifestar... Também por tanto tempo eu me senti simplesmente sendo engolida pelo tempo e a correria do dia-a-dia, além de ser engolida pelo meu próprio sofrimento de saber que meu ex ia embora, que a presença dele tinha data marcada pra sair da minha vida :( Enfim:

O TED* foi morar na França em setembro. Durante nosso relacionamento eu engordei alguns kg porque eu não tava nem preocupada com isso, tamanho era o sofrimento em saber que ele iria embora, eu vivia pra estar com ele, tentando aproveitar ao máximo.

Depois que ele se foi eu emagreci uns kg sem esforço, praticamente. No início, tentamos continuar juntos, mas as brigas aumentaram. Havia muito ciúmes e insegurança, principalmente da minha parte e acabamos terminando depois de uns dois meses.

Comecei a me reequilibrar, consegui um bom estágio. E nesse meio tempo eu fiquei com um carinha da facul, que não valeu à pena e fiquei também com meu chefe do estágio, o que foi uma grande cagada, obviamente. Vou chamá-lo de EDW* bem, a última vez que ficamos foi no final de janeiro. Desde então estou sozinha.

Com o stress das aulas, do trabalho e o frio do outono (moro no Sul do país) acabei engordandinho um pouco. Nada muito relevante, mas por algum motivo que não sei bem identificar eu tô com essa noia de emagrecer mais, de novo. Nas últimas semanas houveram alguns dias em que vomitei várias vezes e tal e agora decidi tentar fazer uns LF's de novo. Pra me ajudar tô usando o app MyFitnessPal (que troço útil hahaha)

E é isso aí. Tô afim de ficar bem magrinha. Quanto menor corpo, menos peso, mais leveza de consciência e alma. E a mais real das realidades é que eu tô sentindo falta de me auto-destruir de alguma forma, como boa obsessivo-compulsiva que sou.

PS.: A última vez que me pesei foi segunda passada, e eu estava com 50.5 Kg (lembrando que tenho só 1,52 m de altura)

02/03/2015

Olá.

Abandonei a academia e andei vomitando muito nas últimas três semanas (até 4 x por dia), mas acho que não emagreci porra nenhuma se é que não engordei. Nunca mais me pesei. Agora estou conseguindo para de vomitar. As coisas com o TED* vão indo, mas ele já disse que tem dificuldade de se apegar. Quando estamos juntos, parecemos namorados, ele é extremamente carinhoso, atencioso, gentil e eu o adoro, mas às vezes sinto falta de declarações mais concretas, através de palavras. Como ele quer fazer o doutorado fora e só falata um ano para ele concluir o mestrado, tenho tentado não criar muitas expectativas...

Não tenho tido vontade de postar aqui, me desculpem.

Reformei meu blog pessoal e criei uma página no face para postar alguns textos meus. Se alguém quiser os endereços, deixe o e-mail aqui que eu mando em particular e aí já mando meu face pessoal pra quem quiser manter melhor contato.

Grata pelo apoio de vocês e novamente me desculpem pela ausência :(

29/01/21015

E aí meninas?

Ontem de manhã já fiz as pazes com a minha mãe e ficou tudo bem. Hoje ela terminou de tirar as coisas dela do meu quarto e arrumei aqui e tal, agora me sinto mais "em casa", porque antes parecia que eu era uma hóspede.

Ontem eu e o TED* ficamos um tempão de madrugada conversando pelo facebook. Torçam por mim amanhã *-* Se der tudo certo não vou entrar porque aí vou dormir na casa dele. Ele disse que vai me sequestrar *o* estou ansiosa agora, mas é uma ansiedade "boa", ipo friozinho na barriga de colegial apaixonada, e vamos lá!

Continuo mantendo a alimentação normal e indo à acdemia, mas hoje so fiz a aua de jump. Peso: 53,60 Kg. Tá devagar, mas vai valer a pena porque nunca mais vai ter efeito sanfona e eu quero ser uma pessoa saudável. Desde que comecei a academia e a comer de 3 em 3 horas (segunda-feira), não tive nenhuma compulsão, e antes eu não conseguia passar dois dias sem a maldita.

Força pra nós :*

27/01/2015

Oi

Embora eu esteja comendo como uma pessoa saudável (mentalmente), ou seja, umas 5 refeições por dia (estou tentando escolher as melhores opções dentre o que tem aqui na casa dos meus pais), a menos eu comecei a academia na segunda-feira. Segunda teve treino de braço e 1h de esteira.

Ontem fiz só 20 minutos de esteira e a ala de jump (que é bem cansativo)
Acontece que segunda eu pesei 54,6 Kg quando cheguei na academia, e ontem pesei 5 Kg. Quase surtei, mas a professora disse que é o inchaço do músculo e a minha mãe disse que é retenção de líquidos por causa da menstruação.

Por fim, aqui em casa tá difícil de me readaptar. Desde que eu saí de casa minha mãe começou a dormir no meu quarto. Eu acho que meus pais nem ficam mais, é um clima estranho, eles mal conversam... Eu perguntei várias vezes se não queriam me colocar na sala, mas eles se recusaram, disseram que era pra eu voltar pro meu antigo quarto (que no momento ainda está atulhado de coisas da minha mãe). Minha mãe disse que só dormia aqui porque minha irmã não dorme sozinha e não cabem os três na mesma cama. Aí a mana dorme com o pai. Só que ele briga se ela vai dormir depois (porque "faz mal" e porque acorda ele). E aí ela não queria dormir e minha mãe queria deixar ela aqui comigo. Aí eu disse que queria ficar sozinha, porque já tinha ficado com minha irmã o dia todo (e ela fica observando o que estou fazendo). E minha mãe ficou insistindo sem parar. Aí eu me irritei, e eu tava com o netbook dela no colo (pedi emprestado pra poder vir aqui, porque no celular é uma bosta de comentar) e meio que joguei ele pro lado e falei que ia pro quarto da minha irmã pra elas ficarem aqui. Aí ela me xingou porque "joguei" o net e disse que não queria mais nada, que odiava estupidez. Só que aí ela falou "eu também não quero essa gata que só incomoda, aqui" e ela pegou a gata e jogou pra dentro do meu quarto, só que toda torta e jogou super alto. Aí eu fui lá e me avancei na minha mãe, puxei os cabelos dela e bati na cabeça dela, sei lá o que me deu, não sou de ter esse tipo de atitude, eu odeio agressão física, mas achei um absurdo ela descontar a raiva dela na minha gata. Aí ela falou "Ah, agora tu vai vir pra casa pra me bater na cara?" e eu respondi "Tu fala como se não tivesse feito isso comigo quando eu era criança", ai ela me mandou deitar, mas eu fui lá e sentei no quarto da minha irmã e falei que não ia sair e ela me mandava sair e eu fiquei, até que minha irmã foi lá acordar meu pai. Aí minha mãe contou toda a versão dela. Meu pai ficou quieto e eu vim me deitar. Óbvio que chorei horrores né :( queria poder voltar pra minha casa :(

Tô angustiada também porque o TED* nem falou muito comigo ontem *insegura*. Não quero me machucar mais, aff, tô nervosa pra caramba, não posso descontar na comida, preciso emagrecer antes de sexta, não posso ir ver ele com 55 Kg -.-'