28/05/2012

Oi minhas princesas. Como vão?

Cara, fazem mesmo 4 meses que eu não venho aqui? Significa que fazem mais de quatro meses que eu não vou à psiquiatra, porque eu nunca cheguei a fazer aquela lista de que falei no último post...
Ando mal, deprimida, irritadiça.

Pensando em terminar meu namoro (de uns 6 meses só). Tô enjoada de namorar (de novo). Será que eu nasci com defeito? A ironia é que nos únicos 2 relacionamentos em que eu não enjoei do namoro, os caras enjoaram de mim. Será que tem que ser assim sempre?

Pior que meu namorado é legal, tudo que uma garota poderia querer. Carinhoso, dedicado, romântico e blábláblá, mas isso não me satisfaz. Geralmente quando ele vem me abraçar, me mimar eu fico irritada, me sinto como um gato "arisco" sendo amassado à força por uma criança sem noção, tipo a Felícia, do desenho animado...

A verdade é que acabo não terminando por dois motivos: pena dele, e pior, comodidade. Quando se perde 3 horas por dia só pra ir e vir da faculdade, namorar um cara que mora praticamente ao lado desta e anda de carro pra cima e pra baixo é uma mão na roda. E a família dele é tão legal, me tratam tão bem... Além disso, quando estou aqui posso esquecer do quanto sou pobre, e da minha casa quase caindo aos pedaços, apesar de que sinto falta do meu quarto, mesmo com toda a poeira, a sujeira dos cupims e o teto quase caindo na minha cabeça. É bom poder estar sozinha.

Aí eu me pergunto se essa "mania" de enjoar das pessoas é um sintoma de doença. Já li algo assim como sintoma de borderline. Além disso, tudo me irrita tão facilmente... Aí eu penso se é porque parei de tomar o maldito antidepressivo... Mas não sei... Não sei o que é pior: Estar sempre deprimida, irritada e cheia de dúvidas existênciais ou viver uma felicidade comprada em farmácia.

De alguma forma, eu sinto que todas essas minhas paranóias e defeitos fazem parte de mim... É como disse Clarice Lispector: "Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro."

E agora, comofaz?

Comentários

  1. Oie flor, nossa quanto tempo. Bom saber notícias suas. Acho que essa coisa que sente com relação aos seus namorados pode ser pq vc não os ama de verdade sabe?!Quando vc encontrar alguém que tire seu fôlego talvez seu comportamento mude. Não acho que isso faça de vc uma pessoas instável, acho até normal e pensando bem seria ótimo pra mim tbm se eu arrumasse um namorado com carro pra me levar pra faculdade....hsuahsuhauhs
    Torcendo aqui por vc. Bejuh e ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. Oi amr, quanto tempo não te via por aqui.
    Meu face é Fran Carvalho, pode me procurar lá.
    Eu adoraria sair com você de novo, meu número eu passo pelo face pode ser?Aí quando você me achar lá eu mando por mensagem instantânea, ok?
    Beijo, saudades

    ResponderExcluir
  3. mais sumida q eu...acho lindo sua transparencia.
    nem sabia q tava fazendo facul...q bom...desejo sucesso...grande bjo.

    ResponderExcluir
  4. Minha linda, eu também estive sumida esses tempos. Passei por umas dificuldades enormes. Como você está?
    Eu estou iniciando tratamento psiquiátrico porque tudo indica que tenho transtorno de personalidade Borderline.

    Se quiser trocar ideias comigo, me adc no msn: morgana.mia@hotmail.com ou entra no meu blog.
    Talvez possamos encontrar pontos em comum.

    Não desista nunca, continue firme e forte.

    Beijos! Força sempre!

    ResponderExcluir
  5. Felicidade comprada na farmacia... eu também fico a me perguntar!
    Pois é horrível essa felicidade... mas a irritação e o enjôo das pessoas tb não me faz bem!

    Eu sempre enjoei facilmente de tudo e das pessoas (namorados então)... mas há dez anos um luto, luto e hoje é meu marido. Mas não foi fácil nem para mim nem para ele, ainda não é, pois eu com 03 meses ja´queria manda-lo ir emobra por mais carinho e atencioso que fosse, agora eu nunca ficava por pena... as vezes por comodismo, mas nunca duro mas de 06meses. Fui noiva umas 4vezes antes de casar com o atual.

    Maas temos que continuar a luta né!?
    E é dificil não ter o nosso cantinho, por mais que outros achem ou esteja ruim.
    Mas forças!

    DDD*

    ResponderExcluir
  6. Que triste de novo .-.
    Você deu a exata descrição do que eu sinto as vezes quando meu namorado vem me abraçar e temos os mesmos motivos para não terminar o namoro.. Até nisso somos iguais? o.o
    Andei pensando em terminar esses dias, mas mudei de ideia quando pensei na minha vida sem sair todos os fins de semana, andar de carro pra cima e pra baixo e ter uma casa diferente pra ir quando todos resolvem brigar. E olha que meu namoro vai fazer dois anos no próximo dia 24. É difícil também não pensar nisso .-.

    É engraçado enjoar de pessoas... Quando você lembra de alguém, ela ja tem novos amigos e raramente quer papo com você. Não entendo como tem gente que consegue manter amizades/relacionamentos sadios por tanto tempo..

    Sobre os remédios, acho que as vezes precisamos mesmo de 'umas alegrias de farmáicia'. Não é bom depender disso, mas tem horas em que nada mais pode nos salvar...

    Se cuida e que vc faça o melhor a respeito do seu namoro.
    "Estou descobrindo você de novo". Tanto tempo longe de todas que eu esqueci de alguns detalhes de como vocês são... mas ta sendo ótimo ler todos os posts que eu perdi aqui..
    Qualquer coisa, conta comigo. <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixem seu cheirinho, princesas ♥

Postagens mais visitadas deste blog

12/11/16

30/04/17

23/05/2016