05/04/2010

Estou indiscutivelmente feliz...

O M* saiu da quarentena militar no fim da semana e como sábado era aniversário dele (que na verdade foi dia 15, mas ele estava entrando na quarentena militar) e haveria uma comemoração na casa dele eu passei lá... No início foi meio estranho, mas fomos conversando...
M-"Por que você não me deixou nem um recado de aniversário?"
J-"Eu estava magoada..."
M-"Ahh é... Mas por que você ficou brava?"
J-"Você disse que eu era só mais uma, como eu poderia não ficar?"
M-"Mas eu não sou só mais um?"
J-"Você sabe que não... Eu te falei no início que você era diferente..."
M-"Mas você não acha que era cedo demais para termos algo sério?"
J-"É, pode ser..."
No fim, acabamos ficando de novo (claro)...
Mas ele já não parecia tão preocupado em esconder dos nosso amigos que estava ficando comigo (apesar de eu ter contado pra eles, mas o M* não sabe que contei...)
Ele me convidou para dormir lá (ou eu só poderia ter ficado meia hora, afinal o último ônibus pra minha cidade sai cedo no sábado) e eu aceitei (obviamente, isso é a minha cara...)
Esfriou (graças a Deus), choveu...
Mais dois amigos nossos dormiram lá na casa dele, então ficamos assistindo um filme até umas três da manhã e depois fomos dormir...
Eu dormi na cama com ele, mas não fizemos nada, até porque nossos amigos ficaram acordados a noite toda conversando xD e ele tinha que dormir porque trabalharia hoje...
Sei lá, me sinto muito apaixonada...
Acordamos antes das seis, nos arrumamos, os guris foram embora e o pai dele veio trazer ele até a Base Militar (ele serve na minha cidade). Aí o pai dele já ía me deixar perto de casa, onde meu pai ía me esperar de carro. Aí, na hora que o M* desceu ele disse "Quer passar para a frente?" e eu respondi que sim, daí saí do carro e dei tchau para ele e tudo mais, mas não o beijei, só que ele disse "E o meu beijo?" daí eu beijei ele... Poxa, ele quis me beijar na frente do pai dele, posso ser meio louca, mas acho que isso é um bom sinal *-*
Depois, quando cheguei em casa ele me ligou pra saber se eu tinha chegado bem, e durante a tarde me mandou mensagem no celular com um coraçãozinho S2 *-*
*boooobaaaa eu tô booooobaaa de amoooor xD*


Hoje, Páscoa, meu pai me deixou um saquinho com uns bombons e um bilhetinho...
Pode parecer absurdo, talvez, mas foi o presente de páscoa que mais me emocionou, eu chorei quando vi e tenho vontade de chorar quando lembro... É algo como... Alguns bombons significam muito quando falta dinheiro até para comprar pão... Eu fiquei mesmo muito emocionada...
Eu o abraçei e disse "Não existe no mundo um ovo que valha tanto quanto acordar às seis da manhã num domingo de feriado para ir buscar a filha que dormiu fora." e ele respondeu:
"Acho que não existe no mundo é um ovo que valha tanto quanto ver a filha inteira numa manhã de domingo depois de ela ter passado a noite fora."

Comentários

  1. Ównnn *.*
    Queria eu ter um pai assim --'
    Meu pai me deu um ovo de tamanho normal com bombons dentro e um ovo menorzinho recheado de bolo prestígio, mas ele não me deu por querer, e sim por se sentir na obrigação de me dar alguma coisa ¬¬'
    Meu pai jamis me buscaria as 6 da manhá em algum lugar. Ele prefere me dar o dinheiro do ônibus e que eu venha de ônibus, do que acordar para me buscar O.o

    Que bom que vc está apaixonada flor, já que está feliz assim, eu tbm fico =)

    Amo você.



    Kisses, Roxy. ♥

    ResponderExcluir
  2. Aww que lindo. Parabéns mesmo, mereces ser feliz.
    Fico feliz e continua assim!
    Baci*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixem seu cheirinho, princesas ♥

Postagens mais visitadas deste blog

12/11/16

30/04/17

02/12/2009