06/05/2007

O problema é que não se diz a um louco que ele tem que deixar de ser louco...Nem se diz a um aidético q ele tem q deixar de ser aidético...Estou doente e não consigo controlar as minhas compulsões, depois me sinto muito culpada por estar estragando o corpo que Deus me deu de presente por ser tão gulosa e tão impulsiva... E por dar tanta importância à comida, q é algo material... Me sinto muito culpada... E aí tento me aliviar da culpa de modo compensatório...Poxa, será q ng entende??? Não dá pra controlar... É uma doença... Não é pura vaidade, é muito mais que isto...É o medo de ser excluída da sociedade, o medo de não caber nas roupas amanhã, o medo de não parar mais de engordar, o medo de ter doenças degenerativas causadas pela obesidade e má alimentação, como a ateriosclerose...E mais que tudo... Quando como muito, como para extravasar meus sentimentos, mas depois, todos os sentimentos ruims que tenho dentro de mim, como a ódia, a culpa, o remorso, a mágoa, a tristeza, se transformam na comida... toda akela bola de comida não é mais comida, é emoção... sentimento ruim do qual eu preciso desesperadamente me livrar... Aí surge a idéia da liberdade... Me libertar do vício de comer...Tem meninas que acham que isto é um estilo de vida... Eu que estou doente muito antes da "Histórinha de Fadas das 21:00", sei que é uma doença, estou fazendo tratamento com psicólogo, homeopata, acumpunturista, etc. mas não consigo me curar, não dá pra controlar...Espero que ninguém se ofenda com as coisas q eu disse... Não sei se é assim com todas, mas é assim que eu me sinto...

Comentários

  1. oi, amiga... entendo tudo que tu diz... mas tu não pode convencer a ti mesmo de que não tem como controlar... tu ainda pode não ter encontrado teu tempo, teu momento, sei lá, mas tem sim como controlar...se eu consegui controlar a compulsão, tu tbm pode... continua fazendo tratamente, continua tentando, que uma hora a coisa engrena, o importante é nunca desistir... agora, tbm temos de ter consciência de que nunca, jamais estaremos totalmente livre, eu tenho pensamentos compulsivos praticamente todos os dias, mas luto, brigo, guerreio com eles pra não cair em tentação... a vida pra nós será assim, talvez, pra sempre... pois, na minha opinião, isso não tem cura mesmo, somente o controle que se dá qnd conseguimos manter a consciência nos momentos mais insanos do dia, o que, nem precisava dizer, é a coisa mais difícil que existe... mas, vamos lá, amiga... nós podemos!!! bjs e força pra semana:)

    ResponderExcluir
  2. O minha filha, assim tú vai morrer, deixa eu passar um exemplo da minha dieta aki:
    Segunda: 4 costelas de porco, 500 g de macarrão ao molho branco, 2 litros de coca-cola, isso no café da manhã, Almoço arroz feijão bifão batata palha com cuidado de nao ultrapassar 1kg no total. À tarde uma bisnaga 6 fatias de queijo gordo 6 fatias de presunto com capa de gordura 500 ml de café com leite ou nescau. À noite uma maçã

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixem seu cheirinho, princesas ♥

Postagens mais visitadas deste blog

30/04/17

02/12/2009

12/11/16